Valide seus backups com a prRestore

EDIT

O script foi atualizado! Verso 2.0 saindo do forno!!

Agora possvel usar o script para restaurar o ltimo diferencial criadotambm… E os logs, obviamente, respeitaro a opo.Baixe aqui!

FIM DO EDIT

Se voc perguntar para “N”profissionais qual o principal bem das empresas, a resposta ser praticamente a mesma: Os dados que ela possui (e se voc achava que era o prprio funcionrio, sinto te desiludir).
E para garantir que os seus dados estejam sempre prontos para serem recuperados em caso de desastre, basta voc fazer o backup delaperiodicamente, seguindo uma politica que te permita recuper-la em um ponto no tempo (eu recomendo ler sobre a procedure criada pelo Edvaldo Castro sobre o assunto), correto??

Apenas o backup no vai te garantir que a base est pronta para ser restaurada quando precisar. Para isso, necessrio que voc teste periodicamente os teus backups (sim, muita coisa pode acontecer para que seus backups no funcionem).

Mas ficar lembrando dos comandos ou ento deixar um script armazenado para isso no muito legal tambm… Porque no, ento, automatizar a restaurao e deixar o processo mais fcil de ser verificado? Em um dos grupos que eu participo, surgiu a dvida sobre como automatizar esse processo e, pensando nisso, fiz a procedure prRestore, para tentar ajudar.

Ela est em fase inicial ainda, mas j ajuda em verificar o ltimo backup FULLrealizado e os “N” backups do log de transao subsequentes (essa era a dvida principal).

Algumas observaes:

  1. Para fazer algo que eu precisasse passar o mnimo de parmetros possveis eu parti do pressuposto de que os arquivos continuam no mesmo local onde eles foram backupeados (?) originalmente.
  2. Como o propsito testar os backups, aqui eu vou salvar os dados em uma pasta e os logs em outra. Nada impede de colocar na mesma pasta, mas se voc quiser separar os dados em mais de uma pasta, no vai funcionar (valeria um item para a ToDo List?)
  3. Falta colocar para validar o diferencial… Esse um item que entrar para ser feito futuramente (concludo, conforme edit acima)

Mas vamos l: Como funciona??

Aps aplicar o script, execute:

Onde:

  1. @origin_database_name: Nome do banco de origem (a.k.a. O banco que foi backupeado)
  2. @new_database_name: Nome do banco de destino
  3. @last_diff:Se voc vai querer restaurar o ltimo diferencial gerado.Parmetro disponvel apenas na verso 2.0, no link acima!
  4. @log_qty: Quantos logs de transao devem ser restaurados depois do full. Coloque 0 para restaurar apenas o FULL.
  5. @data_destination_path: Local onde os arquivos de dados (.mdf, .ndf) sero restaurados.
  6. @log_destination_path:Local onde os arquivos de logs de transao(.ldf) sero restaurados.

Ainda tem muito mais a ser feito (e a minha ideia manter esse script sempre atualizado – Veja o que j est programado nos comentrio do script) e, para isso, eu conto com a sua ajuda amiga… Como? Simples… Baixe, aplique, teste e critique.Todo o feedback vlido e necessrio. S assim eu consigo melhorar, ajustar ou remover o que foi feito…

Interessou??? Ento baixe o script l no comeo do post!

O script, como sempre, est disponvel para download gratuitamente e serve tanto para uso comercial como pessoal.
Apenas peo para que os crditos sejam mantidos quando for utiliz-lo (no custa nada…).

Para fazer qualquer solicitao, crtica, ou o que mais desejar, muito fcil… Basta deixar um comentrio e/ou enviar um e-mail para logan at merazzi dot com dot br com o que quiser falar que voc ser extremamente bem recebido. 😉

Esperoter ajudado hoje.

[]’s!!

 

3 comentários

    1. Pois Jeferson, essa uma pendncia que eu no consegui achar uma soluo efetiva (fcil).
      Se houver linked server entre as instncias, com uma adaptao no script j resolve. Agora, se no tiver… O bixo pega, hehehe…
      Vou pensar em algo como soluo e caso encontre, aviso.
      Grande abrao e obrigado pelo feedback!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.