Gerando scripts DDL no Visual Studio 2013

Eu ainda sou adepto da criação dos scripts pelo editor, principalmente pelo fato que “de vez em quando” o SSMS resolve dropar toda a tabela e criar uma nova estrutura, só porque você resolveu mudar uma coluna que é not null para null (por exemplo). 

Mas segue uma dica para quem curte usar o modo design no SSMS e, por algum motivo qualquer, precisou usar o Visual Studio para realizar alguma manutenção no banco e não achou como gerar os scripts de forma fácil…

No SSMS, gerar um script DDL é relativamente simples… basta clicar com o botão direito no design da tabela e “Generate Change Scripts”:

 

 

No Visual Studio, essa opção simplesmente não existe!!

E aí, o que fazer?

Calma, pequeno padawan… vamos lá…

Vocês notaram o botão “Update” na imagem anterior? Volte lá… Eu espero… Fica no topo superior esquerdo…

“Ok, aí eu aperto esse botão, aplico na base e a empresa toda quer meu… fígado…”

Não é bem assim, veja:

A janela que se abre dá um aviso do que está sendo alterado e te diz se alguma alteração pode dar um problema maior (pois o óbvio também precisa ser dito, acredite).

Ao clicar em “Generate Script”, temos o que precisamos:

Pronto… Mais calmo agora?

Algumas observações:

  1. O script, diferentemente do gerado pelo SSMS, assume que a alteraçao será realizada via SQLCMD;
  2. Ele parece ser “mais esperto” que o SSMS, uma vez que ele não tenta fazer a recriação de toda a tabela, só por estar trocar uma coluna para null / not null;
  3. Eu ainda prefiro fazer os scripts pelo editor e não pelo design…

[]’s!!

 

Deixe uma resposta